Empresários buscam apoio para manter o controle dos recursos do Sistema S | Panorama Farmacêutico – Imã de geladeira e Gráfica Mavicle-Promo

O
bolso dos outros Dirigentes de associações empresariais que falaram com o
o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, para tentar entender o que ele
a intenção de fazer com os recursos bilionários do Sistema
S
ficaram com a impressão de que está mal informado sobre o
assunto e ainda não tem uma proposta definida. Eles têm buscado outros
integrantes do próximo governo para tentar convencê-los da importância do
trabalho realizado por entidades que administram e manter o controle sobre o
dinheiro.

Para
todos O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson
Andrade, teve uma conversa de três horas com o próprio Guedes há três semanas,
no Rio. Além do Sistema
S
, trataram de subsídios à indústria e promover o desenvolvimento
regional.

O
meu primeiro Esta semana, em um evento na sede da entidade, em Brasília, o
o empresário entregou a colaboradores de Guedes relatórios sobre o Sesi e o Senai
e as decisões judiciais que reconheceram a natureza privada dos recursos
recolhidos das indústrias.

Mais
com menos Na visão do futuro ministro da Economia, acabar com a
obrigatoriedade das contribuições do Sistema S seria uma forma de aliviar a
carga tributária das empresas e obrigar as entidades a serem mais eficazes na
a gestão do seu dinheiro.

Nãopassarão “A contribuição do Sistema S é indecente”, diz Marcos Cintra, quechefiará da secretaria do Ministério da Economia, que terá como missão formular areforma tributária que o novo governo tem a intenção de propor ao Congresso. “É otributo mais regressivo e injusto que temos.”

Fonte: Folha de S. Paulo

Fonte: panoramafarmaceutico.com.br/2018/12/19/entidades-patronais-buscam-apoio-para-manter-controle-de-recursos-do-sistema-s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *