Quais são os melhores remédios caseiros para a enxaqueca? Guia de medicamentos. – Imã de geladeira e Gráfica Mavicle-Promo

As dores de cabeça, o que não acontece com a literatura, que se configura pela dor, que pode durar de quatro a 72 horas e, em muitos casos, de forma unilateral, na testa e as têmporas

De 150 tipos de dor de cabeça, não é mais terrível do que o da enxaqueca. Não é só um calmante para a dor, ou a eliminação das luzes, o ambiente, para aplacá dela. Nela se estabelece, pela dor que pode durar de quatro a 72 horas e, em muitos casos, de forma unilateral, na testa e as têmporas. Atualmente, em todo o mundo, pelo menos, 300 milhões de pessoas que sofrem de enxaqueca. No Brasil, que é de 30 milhões de euros.

A doença é incurável e que afeta a vida das pessoas. Para que se faça uma idéia, sete de cada dez pessoas que têm este tipo de dor que experimentam um efeito negativo na relação de casal – as discussões, a falta de interesse pelo sexo. Além disso, o mesmo que ocorre no mundo do trabalho. Para que se faça uma idéia dos custos de perda de produtividade dos funcionários com os da enxaqueca na Europa dos 27 milhões de euros por ano. Nos Estados Unidos, que é de 17 mil milhões de dólares. Deste modo, a Organização das Nações Unidas ( ONU) classificou a doença, entre as cinco mais, de deficiência, de pé ao lado da tetraplegia, depressão, psicose e demência.

Veja Mais

As notícias deFarmácias, são coisas que serão atingidas com o fechamento da conta por Whatsapp para aSaúde,a Diabetes e a depressão. – compreender a relação entre as doenças eo Mercado deVenda de medicamentos da Abradilan cresce 7% nos oito primeiros meses do ano

No entanto, na maioria dos remédios caseiros para o problema que tem a ação da alternativa, ou seja, sem agir diretamente sobre a dor. Não se trata apenas de debelá dela, com a participação de quase uma centena de os mecanismos de sua formação. Além disso, a ciência ainda não conhece a maioria dos mecanismos de formação.

Os principais remédios para enxaqueca

Erenumabe: autorizado em Portugal, em março deste ano, que é o único medicamento para atuar diretamente no problema.

Ideal para enxaqueca crônica: quando a dor se prolonga ao longo de, pelo menos, com quinze dias de antecedência, em relação à episódica, a mais breve. Evita ou reduz a dor pela metade, 50% dos pacientes.

Os antidepressivos (Tryptanol e, Pamelor): aumenta no cérebro, e a disponibilidade de serotonina, uma substância que está associada ao bem-estar, o que ajuda em sua luta contra a dor.

Antiepiléticos (Zyvalprex e Topamax): estimula a produção de um neurotransmissor com efeito calmante no cérebro, e o GABA. Esforçam-Se por reduzir a síntese de glutamato, substância com um efeito excitatório no cérebro.

Anti-hipertensivos (Propanolol e Atenolol): inibem a ação da adrenalina, o hormônio da emocionante em que incentiva as crises de dor.

Botox: aplicar nas áreas da testa, têmporas, atrás da cabeça, do pescoço e das costas, a cada três meses, que é o composto que bloqueia as substâncias inflamatórias no couro cabeludo. Assim, o que reduz a dor.

Foto: Shutterstock Fonte: Veja

Compartilhar:

Fonte: guiadafarmacia.com.br/quais-os-melhores-remedios-para-a-enxaqueca

Fonte: imadegeladeira.com/quais-sao-os-melhores-remedios-caseiros-para-a-enxaqueca-guia-de-medicamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *